Morre aos 63 anos a ex-ministra de Igualdade Racial Luiza Bairros.

Ex-ministra de Igualdade Racial Luiza Bairros (Foto: EBC)


A ex-ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, morreu na manhã desta terça-feira (12) em Porto Alegre. Luiza lutava contra um câncer de pulmão.

Gaúcha, Luiza teve todo o seu histórico de militância negra e feminista construído na Bahia, estado onde tornou-se secretaria de Promoção da Igualdade (Sepromi), em agosto de 2008.


Ministra do governo Jaques Wagner, Luiza Bairros foi convidada pela presidente Dilma Rousseff a assumir o ministério da Igualdade Racial. Conhecida do movimento negro, sua indicação para assumir o Ministério da Promoção da Igualdade Racial foi muito comemorada pela comunidade negra baiana.

"Ela foi do movimento negro a vida toda e adotou a Bahia como a casa dela. É uma perda para a população, especialmente para o movimento negro. Uma perda irreparável. Ela era brilhante, bem-humorada, militante. Quando ela falava, ela tinha uma voz muito grave, parava todo mundo para escutar. Quem falava depois dela quase não tinha o que dizer. Era muito eloquente, inteligente", lembra a amiga e jornalista Isabel Ribeiro, que trabalhou com Bairros na Sepromi.

Luiza tinha pós-graduação em Sociologia e mestrado em Ciências Sociais pela Ufba, com vários livros publicados sobre as lutas dos negros e das mulheres.




Sobre o autor
Adenilton Cerqueira é fundador e diretor editorial da Black Brasil, conhecido entre os amigos como Théo, baiano,  feirense de nascença e soteropolitano de coração, é radialista, e blogueiro nas horas vagas. continue lendo aqui  

 
Black -Brasil © 2006 - Adenilton Cerqueira