Maqueiro acalenta idosa no colo, na contramão da onda de ódio



Que essa imagem sirva de exemplo e mais que isso: de reflexão para esses tempos que estamos vivendo.

Tempos de intolerância, de rejeição, de preconceito, em que as pessoas se xingam, cospem, se agridem, pelo simples fato de não compartilharem das mesmas ideias, da mesma crença, de terem os mesmos gostos.

Onde foram parar o amor e o respeito ao próximo, aos animais, à natureza, aos direitos de cada um?

Que tal virar esse jogo? Já que não podemos mudar o começo, podemos melhorar e mudar o final..

História

A foto deste maqueiro se tornou viral nas redes sociais depois que uma mulher flagrou a situação emocionante em um hospital na capital baiana.

De acordo com informações da mulher, ela fotografou um maqueiro carregando uma idosa, de 86 anos, no colo, enquanto um colchão era trocado da maca em que ela estava.

Para acalmar a paciente que sentia muitas dores, o homem ainda cantou uma música.

A imagem já foi compartilhada por mais de 82 mil pessoas.

Na legenda da foto, que foi divulgada no dia 15 deste mês, a mulher conta que havia ido visitar uma amiga na unidade hospitalar.

Lá, viu, ao lado da amiga, a idosa que começou a sentir fortes dores devido às feridas criadas nas costas pelo tempo que estava deitada na mesma posição.

Ainda de acordo com a mulher, era preciso um colchão especializado pra amenizar as dores.

Neste momento, o maqueiro pegava outra paciente pra fazer um exame e acabou vendo toda a situação.

Sensibilizado, o homem providenciou um colchão especial para a senhora. Neste instante, pegou a paciente no colo e cantou uma canção, para que pudesse se acalmar enquanto a nora dela trocava o colchão.

O maqueiro

O caso aconteceu no Hospital Eládio Lasserre, em Cajazeiras, Bahia.

O nome do maqueiro é Ildemar Pereira dos Santos. Ele tem 56 anos, e é conhecido pelo apelido de Farofa.

O doce Farofa!


Sobre o autor
Adenilton Cerqueira é fundador e diretor editorial da Black Brasil, conhecido entre os amigos como Théo, baiano,  feirense de nascença e soteropolitano de coração, é radialista, e blogueiro nas horas vagas. veja mais  

 
Black -Brasil © 2006 - Adenilton Cerqueira