DILMA: “Querem tirar 36 milhões do bolsa família numa canetada só”

Presidente Dilma Rousseff, afastada do cargo desde o dia 12, respondeu ao vivo nesta tarde pelo Facebook a perguntas de internautas sobre o programa Bolsa Família, ao lado da ex-ministra Tereza Campello, que comandava a pasta do Desenvolvimento Social e Combate à Fome; em uma das respostas, sobre a possibilidade de o programa ser revisto pelo governo do presidente interino, Michel Temer, inclusive com cortes, ela postou: "Sim, é verdade. Eles têm falado muito em cortar benefícios. Com o Bolsa Família, falam de cortar de 10% a 30%. Isso significa de 4,7 milhões até 13 milhões de pessoas. (...) eles falaram até em deixar só 5% das pessoas, ou seja, só 10 milhões de pessoas no Bolsa Família. Sabe o que isso significa? Iriam tirar 36 milhões de pessoas do Bolsa Família numa canetada só"; usuários enviam muitas mensagens de apoio e pedem #voltaquerida





A presidente afastada Dilma Rousseff responde ao vivo na tarde desta quarta-feira 18 a perguntas de internautas sobre o programa Bolsa Família em sua página no Facebook. Fora do cago desde o último dia 12, Dilma está ao lado da ex-ministra Tereza Campello, que comandava a pasta do Desenvolvimento Social e Combate à Fome até a semana passada.

Em uma das respostas, sobre a possibilidade de o Bolsa Família ser revisto pelo governo do presidente interino, Michel Temer, inclusive com cortes, ela postou: "Sim, é verdade. Eles têm falado muito em cortar benefícios. Com o Bolsa Família, falam de cortar de 10% a 30%. Isso significa de 4,7 milhões até 13 milhões de pessoas. Veja, Mia, eles falaram até em deixar só 5% das pessoas, ou seja, só 10 milhões de pessoas no Bolsa Família. Sabe o que isso significa, Mia? Iriam tirar 36 milhões de pessoas do Bolsa Família numa canetada só".

Confira abaixo algumas respostas de Dilma aos internautas:

Leonardo Diniz - Presidenta, qual a importância do Programa Bolsa Família para as próximas gerações? Qual o legado que o programa deixará?

Dilma Rousseff Leonardo, você consegue imaginar como será o Brasil com adultos que, quando crianças, se alimentaram adequadamente, frequentaram a escola, tiveram acompanhamento de saúde, foram vacinadas? Serão certamente adultos que conseguiram completar sua educação, acessaram a universidade. Haverá uma quebra do ciclo de pobreza e eles certamente não vão repetir a história dos seus pais. Será um País melhor! Beijos

Helen Pazianoto - Presidenta Dilma boa tarde! Gostaria de saber qual o motivo do Bolsa ter vários valores. Isso mesmo para quem mora na mesma cidade.

Dilma Rousseff Helen, boa pergunta! Tem muita gente que tem dúvida sobre isso. O Bolsa Família depende da renda e do número de pessoas dessa família. É muito comum achar que os beneficiários não têm renda. Mas a verdade é que a população pobre que recebe o benefício trabalha muito, mas não têm uma renda suficiente para sustentar sua família com dignidade. Em média, o benefício do Bolsa Família é de R$ 161 por família. Um abraço.

Guilherme Augusto - Tafner Jorge Presidenta Dilma, boa tarde! Sou médico da família na periferia de São Paulo. Tenho muitos pacientes beneficiários do programa. Vejo muitas pessoas reclamando que alguns participantes utilizam o beneficio para terem acesso a bens de consumo que antes não tinham como obter. Eu vejo isso como algo natural dentro da nossa sociedade, onde todos tem desejos, penso que o ser humano é mais do que um corpo e um prato de comida, e o benefício devolve a cidadania a estes Brasileiros. Qual a sua opinião sobre isso? Abraço fraterno!

Dilma Rousseff Concordo plenamente, Guilherme! E o que a gente observa nesses 13 anos de programa é que a maior preocupação das mães é garantir educação, conforto e qualidade de vida para seus filhos. Temos pesquisas que provam que o Bolsa Família é responsável pela redução da mortalidade infantil causada pela desnutrição e também pela queda de 51% do déficit de altura das crianças. Ou seja, as crianças estão se desenvolvendo melhor, de acordo com a sua idade. Beijos!

Juliana Carvalho - Qual a relação em números atuais entre o investimento do bolsa família e o adicional ao PIB?

Dilma Rousseff Oi, Juliana! O Bolsa Família é muito conhecido no mundo por ter ajudado a reduzir a pobreza e ter um custo relativamente baixo: 0,47% do PIB. Mas o Bolsa Família não é bom só pra quem recebe. É bom para o comerciante, para quem produz, para a indústria de alimentos, de roupas. Ou seja, é bom para o Brasil como um todo. Cada um real que a gente "gasta" no Bolsa Família retorna para a economia R$ 1,78. Ou seja, não é um gasto, é um investimento. Um abraço.

Marlenildo Ferreira - O #BolsaFamilia impede os trabalhadores de trabalharem? Dilma Roussef

Dilma Rousseff Marlenildo, mais de 70% dos adultos do Bolsa Família trabalham, o mesmo percentual dos adultos que não recebem o programa. Assim, é um preconceito muito difundido por aqueles que querem acabar com o Bolsa Família achar que quem recebe o benefício não trabalha ou que os pobres são pobres porque não querem trabalhar. O Bolsa Família para muitos é um complemento da sua pequena renda, para outros é a única renda que têm e a diferença entre ter alimento ou não. Mas o Bolsa Família é mais que renda é uma oportunidade. Ele dá acesso a quem quer formalizar seu próprio negócio e a se qualificar. Por exemplo, meio milhão de beneficiários já se tornaram MEIs. Um abraço.

Weslly Guimarães - Vejo nas críticas ao programa as pessoas que o criticam falando que deviam ensinar o pobre a pescar e que devia acabar. Então lá vai uma pergunta simples:

O bolsa família nasceu pra existir "pra sempre"?
E como as famílias que são beneficiadas "retribuem" essa ajuda?

Pelas minhas próprias pesquisas eu até vislumbro a resposta, mas gostaria de ver esse posicionamento de vossa parte.

Obrigado!

Dilma Rousseff Querido Weslly, quase todos os países desenvolvidos possuem programas de transferência de renda, que se tornam mais importantes ainda durante crises econômicas. Para você ter uma ideia, Weslly, o Bolsa Família, além de ser um programa que assegura uma renda mínima, exige em contrapartida a permanência das crianças na escola. Hoje nós temos 17 milhões de crianças e jovens frequentando regularmente a escola graças ao Bolsa Família. Por isso, ficamos muito preocupadas com os cortes que estão previstos para o Bolsa Família. Sabe por quê? Porque se o programa for "focado" em apenas 5% vamos ter a seguinte situação catastrófica: a cada 30 minutos, 22 crianças deixariam de frequentar a escola. Um abraço.

Mia Vargas - Olá Querida Exelência, estou contigo e me representa! me responda o que seria essa Reavaliação no Bolsa Família que o ministro falou. Isso poderá cortar alguns benefícios?

Dilma Rousseff Sim, é verdade. Eles têm falado muito em cortar benefícios. Com o Bolsa Família, falam de cortar de 10% a 30%. Isso significa de 4,7 milhões até 13 milhões de pessoas. Veja, Mia, eles falaram até em deixar só 5% das pessoas, ou seja, só 10 milhões de pessoas no Bolsa Família. Sabe o que isso significa, Mia? Iriam tirar 36 milhões de pessoas do Bolsa Família numa canetada só. O pior de tudo é que o Bolsa Família foi feito para proteger as crianças mais pobres do nosso País e cortá-lo para 5% tiraria da proteção do Bolsa Família 16 milhões de crianças. #DilmaeTerezaRespondem

Ana Luíza Marin - Dilma, você tem dados de empoderamento feminino pelo Bolsa Família?

Dilma Rousseff Ana Luíza, 93% dos titulares do cartão são mulheres. Com isso, elas são as responsáveis por tomar a decisão sobre como usar o dinheiro, e nossas pesquisas mostram que elas usam corretamente, comprando alimentos, material escolar, medicamentos. Esse recurso dá muito mais autonomia e capacidade de decisão para as mulheres. Um abraço.#DilmaETerezaRespondem

Maria Carolina - Trevisan Presidenta, o aumento que a senhora concedeu ao Bolsa Família no dia 1/5 está assegurado?

Dilma Rousseff Olá, Maria Carolina, o reajuste estava previsto desde agosto do ano passado, quando mandamos o Orçamento para o Congresso, que aprovou essa proposta no fim do ano. Criamos as condições para que esse reajuste seja feito, não há nada que impeça. O Bolsa Família tem 13 anos, nunca atrasamos, nunca deixou de ser pago e sempre foi uma prioridade. Um abraço.

Dilma Bolada Dilminha querida, saudades d'ocê. Vamos fazer aqui uma auto-reflexão juntas: em menos de 1 semana o golpista conspirador já acabou com o Ministério da Cultura, excluiu os negros e as mulheres do alto escalão do Governo, acabou com a Secretaria de Pessoas com Deficiência, suspendeu a exibição de um filme sobre a ditadura brasileira em Paris, cancelou a construção de mais de 11 mil casas do Minha Casa Minha Vida, disse que o SUS tem que diminuir, nomeou aliado de Cunha para líder do governo ilegítimo na Câmara, programa cortes no Bolsa Família, anunciou apoio à cobrança de mensalidade em cursos das universidades públicas, adota uma política econômica neoliberal de desmonte do Estado que até o presente momento não surtiu nenhum efeito imediato como era esperado e tem tudo para também não conseguir apoio para tais no Congresso, é visto com desconfiança e ilegitimidade por países aliados e toda a imprensa internacional e até o Zé, garçom do Planalto, mandou demitir num ato arbitrário e ditatorial como a exoneração do presidente da EBC.
Diante de tanta desgraça, o povo quer saber: o que acha dessas medidas? Acha que os senadores e senadoras serão cúmplices e financiadores do golpe e co-autores destas medidas catastróficas que farão o povo brasileiro sofrer ainda mais? E por fim, com seu retorno, não seria a hora de uma grande repactuação (que só é possível com alguém legitimamente escolhido pelo povo) com políticos e sociedade para o Brasil superar esse momento difícil? Bjs

Dilma Rousseff Você tem toda razão! Beijos!


Sobre o autor
Adenilton Cerqueira é fundador e diretor editorial da Black Brasil, conhecido entre os amigos como Théo, baiano,  feirense de nascença e soteropolitano de coração, é radialista, e blogueiro nas horas vagas. veja mais  

 
Black -Brasil © 2006 - Adenilton Cerqueira