Esta garotinha deu a resposta perfeita para os comentários ‘sem noção’ sobre o seu cabelo





Um garotinha de apenas 4 anos vem fazendo o maior sucesso no Facebook com um vídeo em que exibe todo seu orgulho pelo cabelo black power que ostenta, mandando um recado a todos que fazem perguntinhas sem muita noção sobre suas madeixas.

Elis Cantanhede é filha da produtora carioca Renata Morais e, na última terça-feira, pediu à mãe para que a mesma gravasse um vídeo para que ela pudesse esclarecer algumas coisinhas.

Na gravação, Elis dispara, de forma bastante fofa e didática: "Oi, gente, tudo bem? Isso não é peruca, é meu cabelo. Ele já nasceu assim, só uso creme pra ele ficar pro alto. Não tenho cabelo liso, já nasci assim. E eu sou preta". Confira.


video


Em seu perfil no Facebook, onde o vídeo já conta com 14 mil curtidas e mais de 25 mil compartilhamentos, Renata descreve o orgulho da filha cheia de personalidade: Gente não é peruca!!! A galera tem parado a gente na rua pra falar do cabelo e principalmente da cor dela. Elis Cantanhede vem de uma mãe preta e de um pai preto, seria muito estranho ela ser branca. Ela tem 4 anos e a certeza da sua cor, porém o espelho sempre mostra a diferença. Eu acho mega importante ela ter essa consciência e ter orgulho disso. Ela já me perguntou por que é mais clara e eu expliquei. Ponto. Hoje ela pediu vídeo e para a minha surpresa ela falou sobre isso. Eu realmente tô tendo a certeza que não estamos preparados pra ela. Obrigada por todo o carinho".




Renata comenta a força e o poder demonstrados pela filha.
— Quando Elis tinha 3 anos, voltávamos de Brasília quando, no aeroporto, ouviu de uma outra garotinha da mesma idade: 'Nossa, que cabelo feio!'. Ela ficou muito abalada. Então, vê-la demonstrando essa capacidade de se empoderar me deixa muito feliz — relata a mãe, cheia de orgulho.
Segundo Renata, a motivação para que Elis quisesse gravar o vídeo que vem bombando no Facebook surgiu de um incidente envolvendo a pequena em um evento do qual Renata participava atuando como produtora.
— Não presenciei a cena, mas alguém deve ter questionado o fato da Elis ser mais clara meu marido e eu. Estamos cansados de ouvir questionamentos sobre o cabelo dela, se fazemos alguma intervenção para deixá-lo crespo, já que ela não é 'tão negra'.




Renata, que também é mãe de Luiza, de 15 anos, acredita que a pequena Elis terá um futuro mais suave do que o presente vivenciado pela filha mais velha.
— Luiza é mais reservada, gosta de escrever, quer ser jornalista. Elis não pode ver um celular na mãe de alguém que já quer se exibir. Costumo dizer que a primeira é cult, a segunda é pop — define a mãezona, que ainda pontua que o movimento negro vive um grande momento — O racismo, claro, ainda é presente na sociedade, mas vivemos uma fase em que as pessoas estão se assumindo, o negro está deixando de ser coadjuvante para também ser protagonista da História.
E além de toda a personalidade em seu discurso, Elis ainda arrasa no passinho. Espia só:



video



 
Black -Brasil © 2006 - Adenilton Cerqueira