Salvador: Deputada revela que foi chantageada a trocar instalação de comissão por sexo


A ex-vereadora e deputada federal, Tia Eron (PRB) revelou ao jornal O Globo, que foi vítima de assédio sexual durante sua vida política. Segundo o colunista Lauro Jardim, a então vereadora afirmou que foi chantageada na Câmara Municipal por um colega. Uma comissão de defesa das mulheres só seria instalada se ela tivesse relações sexuais com ele, em meados do ano 2000.
“Logo no início do mandato a gente precisava ter um instrumento que validasse, que desse voz a essa mulheres. As mulheres têm problemas específicos e precisa dessa comissão, ainda que fosse provisória. No momento que fizemos esse encaminhamento, era eu e mais uma outra, foi o primeiro momento que enfrentei a proposta de assédio, de ir para cama mesmo. Para poder fazer com que essa comissão de defesa do direito da mulher viesse a funcionar”, disse a deputada.

Em conversa com o jornal, a deputada afirmou também que foram apresentados “benefícios” caso aceitasse a proposta. “Se você quer divulgar no dia 8 de março sua sessão especial no outdoor, no busdoor, eu conheço o cara que faz isso e pode fazer como doação, tranquilamente. Uma campanha para você ser bem elaborada, claro que ele faz, agora você precisa estar comigo, precisa conversa comigo no reservado”.


Divulgue nosso trabalho. Copie o texto abaixo e cole em seu Facebook ! 
_______________________________________

Você já conhece a Black Brasil? Curta  a página no Facebook você vai se apaixonar!   



 
Black -Brasil © 2006 - Adenilton Cerqueira